30 de jun de 2010

METRÔ LINHA 4 - NOVO CAMINHO PARA A BARRA

Começa obra da linha 4 do Metrô, que vai ligar bairro a Ipanema até os Jogos de 2016

As escavações do túnel de serviço da Linha 4 do metrô, que vai ligar as Zonas Sul e Oeste do Rio de Janeiro, começaram neste sábado em uma área próxima às duas pontes sobre o Canal da Barra da Tijuca. Com 14 quilômetros de extensão, a Linha 4 sairá da Barra (Jardim Oceânic), passando por São Conrado, Gávea, Leblon até chegar em Ipanema. Trata-se do maior empreendimento do setor no Rio nos próximos anos, que deve garantir o rápido transporte de 240 mil pessoas por dia.


+ Para ler na íntegra: http://bit.ly/MetroBarra

PASSARELA DE NIEMEYER NA ROCINHA

Passarela projetada pelo arquiteto é inaugurada na comunidade, que tem acessos urbanizados

O casal Luiz Quintino e Maria Socorro de Freitas, que mora há 50 anos na Rocinha, admira a nova passarela, cujo projeto foi doado pelo arquiteto Oscar Niemeyer aos moradores da comunidade. A obra, construída pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), foi inaugurada neste domingo juntamente com a urbanização da entrada da favela, onde 60 casas tiveram suas fachadas reformadas e pintadas nas cores amarelo, verde, branco, azul, lilás e vermelho.


+ Para ler na íntegra: http://bit.ly/PassarelaRocinha

SEPETIBA GANHA ARCO DO DESENVOLVIMENTO

Obra vai escoar produção do porto de Sepetiba e aliviar o trânsito de pelo menos oito cidades

A fila é permanente. Todos os dias dezenas de pessoas se aglomeram em frente ao imenso portão do canteiro de obras do Arco Metropolitano do Rio, em Adrianópolis, distrito de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Uma das principais obras do estado, ela é considerada estratégica para o escoamento da produção através do porto de Sepetiba e para a melhoria do trânsito nas avenidas internas das cidades. E chegará ao fim do ano com quase metade do trabalho pronto.


+ Para ler na íntegra: http://bit.ly/TransitoSep

LEI SECA - O EXEMPLO DO RIO

Estado é destaque nacional na redução de mortes no trânsito após vigência da Lei Seca

O Rio de Janeiro foi o estado que conseguiu a maior redução no número de mortes no trânsito após a Lei Seca. Registrou queda de 32% enquanto, em todo o país, nos primeiros 12 meses de vigência da lei, a queda foi de 6.2%, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, nesta sexta-feira, dia 18 de junho, no Rio. No próximo domingo, a Lei Seca completa dois anos.

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, comentou a situação de estados que não conseguiram diminuir o número de mortes e acidentes.


+ Para ler na íntegra: http://bit.ly/9N6Ivs

ÔNIBUS ESCOLA - VAGAS À VISTA

Projeto capacita moradores de comunidade para atuar na Copa de 2014 e nas Olimpíadas de 2016

Aquela segunda-feira começou cedo para 32 alunos do Projeto Cidadão Olímpico, que vai capacitar os moradores do Jardim Batan, em Realengo, para inseri-los no mercado de trabalho voltado para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. A primeira aula no ônibus, que fica estacionado na entrada da comunidade, começou às 7h e estava lotada. Segundo a Secretaria de Trabalho e Renda, 192 moradores se inscreveram no projeto, que tem duração de quatro meses e oferece aulas de inglês voltado para turistas e informática básica.


+ Para ler na íntegra: http://bit.ly/OnibusEscola

RJ 214 ESTRADA DA UNIÃO

Pavimentação da RJ 214, que une RJ a ES, movimenta município de Varre-Sai, no noroeste fluminense


Moradores de Varre-Sai, no Noroeste fluminense, começam a sentir os efeitos da inauguração da pavimentação do trecho da rodovia RJ 214, que une a cidade a Guaçuí, no Espírito Santo. A construção da rodovia movimentou a cidade e o comércio local, além de tornar mais fácil o transporte dos moradores para as cidades vizinhas.

Segundo o comerciante de autopeças José Cláudio Pacheco, há uma sensível melhora nas vendas:


+ Para ler na íntegra: http://bit.ly/RJxES

BILHETE ÚNICO - MAIS TEMPO PARA VIAGEM

O período máximo entre o primeiro e o segundo embarque com Bilhete Único vai passar para 2h30m

Os passageiros que utilizam o Bilhete Único terão acréscimo de meia hora no período máximo de integração entre a primeira e a segunda viagem. A partir de 1º de julho, quando o sistema completa cinco meses, os usuários terão até 2 horas e 30 minutos, e não mais 2 horas, para embarcar no segundo transporte. O governador Sérgio Cabral anunciou a medida nesta terça-feira.

Cabral tomou a decisão após conversar com uma usuária do Bilhete Único:


+ Para ler na íntegra: http://bit.ly/BUnico2h30